Paraná

O Paraná localiza-se na Região Sul do país, ocupando uma área correspondente a 2,3 % da superfície total do Brasil. São cincos as zonas naturais do Estado, ou seja: o Litoral, a Serra do Mar, O Primeiro, Segundo e Terceiro Planaltos, todos reservando agradáveis surpresas. Natureza e história no litoral; progresso e humanismo em sua capital; mistério e tranqüilidade em Vila Velha; expansão agroindustrial no Norte e Sudoeste; as empolgantes cataratas e o gigantismo de Itaipu em Foz do Iguaçu.
Na área de hospitalidade, o Paraná conta atualmente com 380 hotéis e os serviços de aproximadamente 980 agências de turismo com 950 guias cadastrados. A mão-de-obra é qualificada através de vários cursos técnicos e profissionalizantes além dos mais de 30 cursos de turismo de nível superior.
Os Centros de Convenções de Curitiba, Foz do Iguaçu e os Conventions Bureaux dessas cidades e de Londrina, marcam definitivamente a entrada do Paraná na área de congressos e convenções, provocando um acréscimo significativo nas empresas organizadoras e prestadoras de serviços, que encontram-se quantificadas em 70.
No litoral, com 98 km de extensão, está localizada a baía de Paranaguá com 300 km2 de área, uma das mais importantes do Sul do Brasil, onde destacam-se os portos de Paranaguá e Antonina. O clima é dividido em dois regimes: o tropical que domina o Norte, Oeste e Litoral com temperaturas médias de 22° C, e o subtropical ou temperado nas regiões do Centro-Sul, com temperaturas médias de 22° C e 10° C.
A população estimada em 9,5 milhões de habitantes (IBGE - 2000) é formada, predominantemente por descendentes de diversas etnias como: poloneses, italianos, alemães, ucranianos, holandeses, espanhóis e japoneses que aqui se fixaram, juntando-se ao índio, ao português e ao negro, os três elementos básicos que formaram o povo e a cultura paranaense, fazendo com que o Paraná seja conhecido como a “Terra de Todas as Gentes”.
Tem como principais cidades: Curitiba, Londrina, Cascavel, Ponta Grossa, Maringá, Guarapuava e Foz do Iguaçu. O Paraná participa com cerca de 23% da produção brasileira de grãos e entre seus produtos destacam-se trigo, milho, algodão, aveia, soja, feijão, batata, mandioca, cana-de-açucar e a erva-mate. Além da suinocultura, avicultura e bovinocultura, na indústria destacam-se a agroindústria, a alimentícia, fertilizantes, cimento, eletroeletrônica e a metalmecânica, sendo um dos principais estados exportadores do país, com um PIB de R$ 77.9 bilhões. Possui atualmente uma potência instalada de 20.000 MW, sendo que as maiores usinas são as de Itaipu no rio Paraná, e Foz do Areia, Salto Santiago, Governador Ney Braga, Salto Osório e Salto Caxias no rio Iguaçu.
A malha ferroviária tem uma extensão de 2.240 km, interligando as principais regiões produtoras do Norte e do Meio-Oeste com a capital e o terminal marítimo de Paranaguá. O Anel de Integração, possui 2.409 km de modernas rodovias, além da rede básica de rodovias asfaltadas com 16.161 km ligando as principais zonas de produção com o porto, e a outros centros de consumo do país e do Mercosul, um dos mais importantes blocos da economia atual. A diversidade de paisagens, a fertilidade do solo, os usos, costumes e as características de sua gente, fazem do Paraná um Estado sui-generis e o coloca em privilegiada situação no cenário nacional.

Fonte: Paraná Turismo - Secretaria de Turismo do Estado do Paraná

Colabore com nosso site, enviando matérias ou fotos.



Flag Counter